sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Jão

Se tem algo que admiro é uma alma obstinada.
Alma essa que segue seu caminho e devia da tentação.
Pois é Jão, foge desse copo de pinga, por que se hoje te oferecem, amanhã terás que pagar.
Foge dessa viela, segue tua estrada - a obstinada, igual assim ninguém vai te dar.

Se tens alma obstinada nem pro lado irás olhar.
Nem "nãos" vão te faltar, e o copo erguido esse no alto "num" irás notar...

Se tens alma obstinada teu caminho vais tomar , sem pena ou remorso, anestesiado ao são.
Uma alma que admiro é essa a de Jão, que hoje na rua, fora da calçada, seguiu sua estrada sem o alento da pinga malvada.

Um comentário:

  1. Paralelo para a vida Viva!!
    Muito massa... meu sonho é ser jão.

    ResponderExcluir