terça-feira, 2 de março de 2010

Domínio

Deságua coração como correnteza que chora
Leva pra longe o que te afoga
Pára e volta
Volta!
Volta que o mundo é o teu domínio
A vida não cansa e nem descansa
Suba!
Sobe na laje que o telhado ainda não está pronto, mas te abriga
Dança que a vida não cansa
Escolha a trilha sonora
A correnteza vai passar

E o teu mundo é de que cor?
Qual o teu espaço?
Demarca!
Mede!
Escolhe!
Briga!
E esta parede por que não pinta?
Não te faltam braços e abraços para mudar os traços do teu rosto nu

Então respire
Quem disse que voar não é possível?
Sorria, despeja tua alegria
Por que o mundo, este tão grande é o teu domínio.

3 comentários:

  1. Tava sentindo falta dos posts Viva.

    Sempre acompanhando!!

    E esperando o próximo.

    ResponderExcluir
  2. quem escreve é de uma alma estonteante !

    ResponderExcluir